Notícias Fecomercio

31 de julho de 2018

Após fechamento de vagas em maio, varejo paulista deve ter atenção ao planejar contratações


Empresários devem ficar atentos à fraca intenção de consumo das famílias e à instabilidade econômica

O empresário do varejo paulista deve planejar minuciosamente possíveis contratações no segundo semestre de 2018, isso porque a fraca intenção de consumo das famílias deve afetar o ritmo das vendas. Outras questões, como os reflexos da paralisação dos caminhoneiros na economia e as eleições que serão realizadas em outubro, geraram um ambiente de incertezas que deve se estender pelo menos até o fim do ano.

O segundo semestre concentra datas importantes para o setor – como a Black Friday e o Natal –, e um crescimento nas vendas nesses períodos deve ser avaliado com prudência pelo empreendedor. A Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP) recomenda que, em caso de aquecimento nas vendas durante essas datas comerciais, seja feita a análise se o crescimento é sustentável ou pontual.

A instabilidade econômica provocada pelo desabastecimento e pelas incertezas em ano eleitoral refletiram na geração de empregos com carteira assinada em maio. O varejo paulista eliminou 1.791 empregos, encerrando o mês de maio com um estoque de 2.061.288 vínculos empregatícios com carteira assinada.

Segundo a Pesquisa de Emprego no Comércio Varejista do Estado de São Paulo (PESP Varejo), realizada mensalmente pela Entidade, seis dos nove segmentos analisados eliminaram vagas. Os destaques negativos ficaram por conta dos setores de materiais de construção (-816 vagas) e lojas de vestuário, tecidos e calçados (-868 vagas). As farmácias e perfumarias impediram um resultado geral pior, com abertura de 694 novas vagas.

O comércio varejista registrou mais desligamentos do que admissões em 12 das 16 regiões avaliadas, com destaque para Jundiaí (-504 vagas) e capital (-432 vagas). Na contramão, o varejo da região de Osasco liderou a criação de postos de trabalho, com 486 vagas. Confira a matéria completa aqui.

 

Voltar para Notícias