Notícias Fecomercio

4 de julho de 2018

Greve dos caminhoneiros faz produção industrial recuar 10,9%


De acordo com o IBGE, queda registrada em maio é considerada a maior da indústria brasileira desde 2008

A indústria brasileira recuou 10,9% no mês de maio em relação a abril. De acordo com os dados divulgados nesta quarta-feira (4) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a greve dos caminhoneiros, que durou 11 dias, afetou o processo de produção de várias unidades produtivas no País.

Essa foi a maior queda desde dezembro de 2008, quando a crise internacional prejudicou a indústria e derrubou a produção em 11,2%. Além disso, o resultado no mês de maio também foi considerado o segundo pior da série história, iniciada em 2002.

Com o resultado, o patamar da produção industrial do País voltou a um nível próximo ao registrado em dezembro de 2013, ficando 23,8% abaixo do pico mais alto da série, alcançado em maio de 2011.

Voltar para Notícias