Notícias locais

3 de abril de 2018

Autora santista lança livro e cria premiação para incentivar empreendedores


Lorene Patígra opta por usar a escrita como ferramenta para vender melhor

O empreendedorismo é um caminho com muitas opções, especialmente hoje em dia. Com novas demandas surgindo diariamente no mercado, quem quer começar o próprio negócio tem um grande leque de segmentos a sua disposição e consumidores ansiosos pela novidade. Quando Lorene Patígra resolveu fundar uma startup, a escolha foi clara. Ela optou por unir duas paixões: o empreendedorismo e a escrita.

A autora de Santos deu início, então, a Escrita Empreendedora. O negócio tem como objetivo auxiliar empresários a vender melhor, usando a escrita como ferramenta. As oficinas e workshops abordam tópicos de todos os níveis, desde o desenvolvimento de um livro até a produção de e-mails e relatórios.

Ela teve seu trabalho reconhecido em 2016, quando ganhou o Prêmio Citi na categoria Microempreendedor Iniciante. O concurso contou com mais de 1.300 mil inscritos de todo o país e Lorene conseguiu trazer para casa o troféu em primeiro lugar. Mas, para ela, a premiação foi além da vitória, proporcionando, também, a inspiração para uma história.

“Antologia de Empreendedores: Histórias que Inspiram o Mundo” é fruto deste evento, além de ser seu décimo livro, e explora a experiência de 14 empreendedores que foram finalistas no Prêmio Citi. “Apesar de vencer a premiação, meu maior presente foi conhecer de perto a trajetória dos outros concorrentes” explica a autora, afirmando que os relatos foram tão interessantes que ela “tomou como missão” a produção do livro.

Com 17 anos de carreira, a autora, que também é coach literária, palestrante e roteirista, explica que usar a escrita para empreender trouxe diversos benefícios para sua carreira. Entre eles, ela cita maior facilidade na interpretação e redação de textos, melhoria na oratória e até aumento em autoconfiança. Além disso, Lorene ressalta que outro atrativo da antologia é o conjunto de autores interessados na propagação da obra. “É uma grande estratégia para uma rede extremamente forte de divulgação e comercialização”, diz.

A publicação, lançada em dezembro, foi bem recebida pela público e incentivou a criação de um outro prêmio, dessa vez idealizado por Lorene. Intitulado “Histórias que Inspiram o Mundo”, o reconhecimento será concedido, anualmente, a um grupo de profissionais bem sucedidos, que possam servir de referência à demais empreendedores. Os vencedores recebem a produção de um livro relatando suas carreiras e um troféu.

“Posso dizer que escolhi a temática de empreendedorismo porque acredito que histórias de profissionais, repletas de desafios e superações, merecem ser transformadas em um livro capaz de inspirar multidões”, reflete a escritora. Para ela, o livro e o prêmio são uma prova de que qualquer um pode empreender, independentemente da área de atuação.

Voltar para Notícias