Notícias locais

9 de dezembro de 2019

Levantamento aponta diminuição de consumidores que usarão o 13º salário para pagar dívidas


Os dados foram apurados em pesquisa anual realizada com cerca de 1.300 pessoas em todo o país
Fonte: Boa Vista SCPC

 

Cai o percentual de consumidores com direito ao 13º salário que irão usar a renda extra neste fim de ano para quitar dívidas (vencidas ou não). É o que constatou o recorte da pesquisa Hábitos de Consumo para o Natal e Ano Novo da Boa Vista, específico sobre o uso do 13º salário. Em comparação ao levantamento de 2018, houve uma queda de 45% para 33% no número de respondentes que irão usar o dinheiro do 13º salário para pagar as contas já existentes, ou seja, uma diminuição de 12 pontos percentuais (p.p.).

Também aumentou de 19% para 26% o percentual de consumidores que irão receber a gratificação e que pretendem guardar todo o dinheiro ou parte dele para pagar as contas do início do ano (IPTU, IPVA, matrícula escolar, entre outros); ou mesmo poupar para uma necessidade futura.

22% pretendem poupar os recursos. Destes, 21% pretendem poupar até 30% do valor recebido. 17% conseguirão guardar entre 30% a 50% do valor, e subiu de 26% para 31% aqueles que pretendem guardar mais de 50%. Em média os consumidores pretendem poupar até 38% do 13º salário.

Por outro lado, 31% dos entrevistados não conseguirão poupar nada, contra 37% registrados em 2018 e 33% em 2017.

Realizada com 1.300 entrevistados, em todo o Brasil, entre os meses de outubro e novembro, a pesquisa constatou que 75% dos consumidores irão receber o 13º salário este ano.

Voltar para Notícias